Procurando Nemo – ou seus primos distantes – em águas brasileiras

Se você é daqueles que fica horas em frente a um aquário, vai adorar essas dicas de mergulhos incríveis no Brasil.

Adicionar aos favoritos Remover dos favoritos

Ah, o Brasil! Milhares de quilômetros de costa com um mar exuberante, praias, ilhas e belezas naturais para viajante algum botar defeito. E se a gente desce um pouquinho do nível do mar encontra lugares fascinantes para praticar mergulho. Veja só:

1. Fernando de Noronha (Pernambuco) ou apenas “Noronha”, para os mais íntimos.

Se existe um lugar paradisíaco no Brasil, esse lugar se chama Fernando de Noronha! Patrimônio natural da humanidade, Noronha é um arquipélago com 21 ilhas, temperatura da água por volta dos 26 °C e visibilidade de até 50 metros de profundidade. Mas não é só isso. O mar, de águas azuis, abriga 213 espécies de animais – inclusive tubarões, golfinhos e tartarugas –, 15 variedades de corais e até embarcações naufragadas que mais parecem santuários submersos. Uma delas fica a 60 metros de profundidade. Consegue imaginar você lá? Não é à toa que a experiência de mergulho na ilha é uma das melhores do mundo.

2. Angra dos Reis (Rio de Janeiro) e sua Costa Verde.

Imagina o seguinte cenário: um dos lugares mais bonitos do Atlântico sendo palco de batalhas entre piratas, corsários e o Império entre os séculos XVI e XIX. Mas aí você pensa: o que isso tem a ver com mergulho? Tem a ver, caro viajante, que esse lugar se tornou uma das maiores concentrações de naufrágios do mundo. Estamos falando de Ilha Grande (ou Costa Verde, como também é conhecida), distrito de Angra dos Reis. De águas limpas e cristalinas, temperatura agradável e uma grande variedade de flora e fauna marinhas – destaque para as estrelas do mar –, ela possui inúmeras atrações tanto para mergulhadores amadores quanto para avançados. Ah, e vale lembrar que a ilha também proporciona mergulhos sob rochas, cavidades e fendas, perfeitos para quem tem espírito aventureiro.

Angra dos Reis também guarda pelo menos outros 50 pontos de mergulho. Vale a pena a visita.

3. Arraial do Cabo e Cabo Frio (Rio de Janeiro): frio mesmo!

Capitão, água fria à vista! Mas a temperatura de aproximadamente 15 °C é compensada pelo encontro com cavalos-marinhos, tartarugas, arraias e peixes que preferem essas águas. Uma roupa mais grossa de neoprene resolve o frio e permite que você aproveite um belo mergulho na costa fluminense. Ah, e tem pontos com pouco vento, ideais para iniciantes.

4. Laje de Santos (São Paulo) e as gigantes.

Do lado de cima, a ilha é um belo refúgio de pássaros e seus filhotes. Do lado de baixo, guarda uma vida marinha abundante e diversificada, com atenção especial para as enormes arraias-jamanta, que vão à ilha durante o inverno. Dica de mergulhador: as pessoas gostam de ir à ilha no verão, mas é no inverno (de 20 de junho a 22 de setembro) que as águas estão mais limpas e com menos diferença de temperatura. Isso porque as chuvas param nessa época, tornando o lugar melhor para se mergulhar.

5. Ilha do Arvoredo (Santa Catarina) e sua bela vizinha.

Bem próxima à Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, a variedade da fauna e da flora por ali é muito grande. Há vários tipos de peixe, tartarugas, arraias e até polvos! Você também vai encontrar pequenos naufrágios e antigos canhões de guerra. Vale a pena o mergulho! Uma das saídas para a ilha é feita por Florianópolis.

6. Atol Das Rocas (Pernambuco) – sem palavras!

É ou não é um dos lugares mais espetaculares que você já viu? O Atol das Rocas tem uma rica fauna formada por peixes, lagostas, caranguejos, moreias, polvos, corais, tartarugas e tubarões. Nas ilhas, cinco espécies de aves fazem ninho por lá, além das visitas recebidas pelas aves migratórias. São cerca de 150 mil pássaros habitando o local! Atualmente, pela legislação brasileira, para descer por lá ou mergulhar é preciso pedir autorização do IBAMA (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente).

A propósito: você sabe o que é um atol? É uma ilha de coral, em forma de anel, com uma lagoa interior. Acho que o Nemo adoraria se perder por lá.