Boa Vista
Com sabores indígenas predominantes, a gastronomia de Boa Vista desperta a curiosidade de turistas. O exuberante tempero e a mistura de sabores do cardápio provocam sensações únicas no paladar de quem visita o destino.

Assim como boa parte do Brasil, a herança cultural do estado de Roraima é fruto da miscigenação de diversos povos e a variedade de costumes e tradições está nitidamente refletida na gastronomia local. Enquanto a predominância da influência indígena é perceptível nas cores, cheiros e paladares, os pratos locais absorveram notas de diversas outras regiões e estados brasileiros.  E é justamente essa peculiar combinação que torna a capital Boa Vista um dos principais destinos de turismo gastronômico do país. 

Caso visite a capital de Roraima, o turista encontrará pratos como a paçoca com banana, eleita pelo gosto popular como um dos mais consumidos da região. O preparo,  em que a carne é assada, batida no pilão com farinha e servida com banana, mantém tradições históricas seculares e conquista o paladar de visitantes.

Bacalhoada

O peixe, um dos alimentos facilmente encontrados no estado, é ingrediente principal para alguns dos pratos do cardápio boa vistense que não podem faltar no roteiro gastronômico do turista. Entre os destaques, está a caldeirada, em que o azeite de oliva, cheiro verde, cebola, tomate e sal conferem uma explosão de sabores às postas de peixe. O peixe também pode ser assado no forno, desfiado e cozido com farinha branca e azeite, no preparo chamado de mujica de peixe.

A galinha caipira, herança da influência de outros estados, também é um dos pratos que mais fazem sucesso entre os turistas. Mas engana-se quem pensa que o prato é igual ao que se encontra em Minas Gerais. O jeitinho roraimense de cozinhar confere ao preparo um sabor único. Em Boa Vista, a galinha caipira é guisada ao molho pardo e temperada com cheiro verde e pimentão.

Além destes, outros pratos completam o cardápio da região. A carne de sol regional e a damurida, um caldo de carne de boi, de caça ou de peixe, temperado com molho de pimenta e servido com beiju e farinha, são outras iguarias típicas.

Agora que você já conhece um pouco sobre a culinária de Roraima, é fácil entender porque a capital consolidou-se como um dos principais pólos de turismo gastronômico da região Norte do Brasil. Em passagem pelo estado, não deixe de se deliciar com a culinária incomparável e fascinante de Boa Vista!

Avião | Aeroporto
+55 (95) 3198-0119 
O Aeroporto Internacional de Boa Vista – Atlas Brasil Cantanhede, fica a apenas 3,5 km do centro da capital e recebe voos das principais cidades do país.

Ônibus
+55 (95) 3623-2233
A Rodoviária de Boa Vista, também conhecida como Terminal Rodoviário Internacional José Amador de oliveira – Baton, recebe linhas intermunicipais e interestaduais.

 

Ônibus
Boa Vista possui diversas linhas que atendem aos bairros da capital. A cidade oferece itinerários e trajetos de ônibus para diversos pontos.

Veículo Pessoal ou Alugado
Você pode alugar um carro para passear em Boa Vista e conhecer outros destinos próximos em Roraima.

Táxi | Aplicativos de Transporte
Andar de táxi ou utilizar aplicativos de transporte é uma das opções de se locomover com mais comodidade na cidade. 

Telefones Úteis

Atendimento ao Turista:
+55 (95) 98402-5272


Polícia Militar: 190
SAMU: 192
Bombeiros: 193

Voltagem

110V

Clima Local

Boa Vista tem médias de temperaturas altas. Os meses de melhor tempo na cidade são janeiro, fevereiro, março e dezembro. E os os meses mais chuvosos são maio, junho e julho.